conheca-os-7-principais-erros-na-compra-de-imoveis.jpeg

Conheça os 7 principais erros na compra de imóveis

A compra de um imóvel é um momento importante na vida de qualquer pessoa, independentemente de suas condições financeiras.

Seja para realizar o desejo de adquirir um bem, seja para fazer um investimento seguro, essa é uma negociação que deve ser analisada com cuidado para que não haja prejuízos ou arrependimentos futuros. Por isso, conhecer os principais erros na compra de imóveis é essencial para que você possa evitá-los.

Muitas vezes, essa é uma tomada de decisão que leva em conta a emoção. Mas esse é um erro comum, pois é preciso ter atenção a questões muito práticas antes de assinar qualquer contrato. Passam por essa resolução questões como localização, custo-benefício, avaliação minuciosa da documentação do imóvel e da idoneidade de quem o está vendendo, por exemplo.

Para ajudar você a entender melhor a quais detalhes deve prestar atenção ao comprar um imóvel, elaboramos uma lista com sete itens importantes para você. Confira!

1. Escolher um imóvel somente pelo preço

Sabemos que esse é um dos fatores primordiais na hora de escolher um imóvel para aquisição. Mas ele não deve ser o único a ser considerado no momento da compra.

Quem olha apenas para o preço pode deixar passar detalhes importantes, como a escolha do bairro (se há problemas de mobilidade ou de violência ou se é uma região em desenvolvimento, por exemplo).

Também é preciso verificar se o valor é mais baixo por conta de outras despesas que devem ser pagas e que podem ser muito altas, como a taxa de condomínio e o IPTU. Considerar apenas o preço também pode fazer com que você não perceba a necessidade de fazer reformas que podem sair caras. Portanto, é preciso um pouco de frieza ao tomar essa decisão.

2. Comprar de empresas desconhecidas e sem track record

No bom português, track record significa registro de trilha e deve ser entendido, aqui, como o histórico e a reputação das negociações da empresa (imobiliária ou construtora, por exemplo) de quem pretende comprar o imóvel. Os valores envolvidos nesse tipo de negociação são altos demais para que você não saiba, exatamente, para onde está indo seu dinheiro.

Tenha cautela, procure saber qual a construtora responsável pelo empreendimento, procure informações em sites de reclamação da internet e referências entre amigos que já compraram imóveis anteriormente.

3. Não pesquisar bem antes de comprar o imóvel

É comum, quando começamos a buscar um imóvel para aquisição, nos apaixonarmos por um dos primeiros que vimos na relação apresentada pelo corretor. Esse é um momento que, geralmente, envolve muita felicidade e, por isso, acabamos não enxergando que o mercado apresenta inúmeras possibilidades. A dica de ouro é não ter pressa!

Visite muitos lugares antes de fazer a sua escolha e mais: quando tiver umas ou mais opções que considera próximas ao que você deseja, faça visitas em horários diferentes. É dessa forma que conseguimos avaliar como é a incidência de sol, ventilação e luminosidade, por exemplo. Também é um jeito de conhecer melhor as redondezas.

4. Não levar a localização em conta na hora da compra

Muitas vezes, o imóvel tem um bom preço e ótimas acomodações, mas fica localizado em uma região em que não há infraestrutura, há poucas opções de mobilidade urbana ou lugares onde há muitos registros de violência. Também é preciso avaliar a relação custo-benefício nesse caso: se for muito longe de onde você e sua família trabalham e estudam, será que vale a pena se mudar?

Uma boa conversa com vizinhos ajuda a conhecer melhor o bairro e suas características. Você deve saber se há riscos de enchentes ou inundações, se há comércio, transporte coletivo e outros serviços disponíveis próximos ao empreendimento, entre outras informações importantes.

Lembre-se de que uma compra feita por impulso, sem a avaliação adequada dessas questões que envolvem a localização, pode resultar em problemas no futuro — tanto financeiros quanto de qualidade de vida para você e sua família.

5. Não fazer todos os cálculos corretamente

Ao avaliar o custo de um imóvel, você não pode se esquecer de que essa não será a única despesa que terá durante a negociação e após ela.

Você deve considerar o pagamento de taxas, impostos e despesas extras, como o Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), que incide sobre os imóveis já construídos, o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), taxas de condomínio, registro e escritura do imóvel, entre outros.

Se usar um financiamento para a aquisição, o cuidado deve ser ainda maior. Ao cálculo que mencionamos, você deve somar os juros e valor das parcelas. Tudo isso tem grande influência no valor final que você vai desembolsar com a compra.

6. Não ter um planejamento financeiro

Essa dica está diretamente relacionada à anterior. É preciso que você e sua família façam um planejamento minucioso e descubram exatamente de quanto dispõe para essa empreitada. Calcular quanto há para entrada, caso vá financiar, qual o limite do valor de parcelas que se enquadra no orçamento mensal, somar esse custo às demais taxas etc.

Lembre-se de que é preciso que haja dinheiro para bancar o imóvel, mas também as outras despesas que a vida exige, sem comprometer demais a sua renda e diminuir a sua qualidade de vida. Para evitar problemas na gestão financeira familiar, é preciso anotar, preferencialmente em uma planilha, seus gastos com educação, alimentação, transporte, entre outros.

7. Não ter atenção ao contrato

Aqui, você já está na fase final da compra, ou seja, já passou por todas as etapas anteriores e está prestes a assinar o contrato.

Saiba que todas as cláusulas devem ser lidas e avaliadas cuidadosamente para que não haja surpresas após o fechamento da negociação. Se tiver algo que você não concorda, vale a pena rever o contrato.

Entre aqueles que mais merecem atenção estão os itens que se referem à possibilidade de rescisão de contrato e pagamento de multas. O mais recomendado é que um advogado possa verificar se o contrato está de acordo com o que foi combinado entre você e o vendedor.

Agora que você já conhece os principais erros na compra de imóveis, pode se sentir mais seguro para procurar a sua próxima residência. Procure uma imobiliária ou uma construtora de renome, que seja referência no mercado, para escolher o seu bem. A Trisul pode auxiliar quem está buscando um imóvel para comprar em São Paulo, atendendo você com ética e qualidade.

Aproveite que está se aprofundando na leitura sobre o tema e confira este outro artigo, que fala sobre como comprar um imóvel.

035_007_CRM_EMAILMKT_BANNERS_EBOOK_600x150