domingo, setembro 26

Sol nascente ou poente? Veja qual a melhor opção para seu apartamento

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Localização, infraestrutura e segurança estão entre os principais fatores observados quando alguém busca um imóvel. Contudo, um elemento que pode fazer uma grande diferença no dia a dia é entender se a nova moradia está localizada sob o sol nascente ou poente.

Se esse fator não for avaliado desde o início, você só vai se dar conta disso quando já morar lá — e pode ser que perceba que fez uma má escolha. Além de essa preferência variar de acordo com o gosto pessoal, ela influencia em outros fatores diretamente relacionados à qualidade de vida.

Outro aspecto referente a isso é a valorização do imóvel. Qual será mais valorizado? O que pode ser aproveitado de acordo com cada posicionamento? Continue a leitura para entender como isso funciona!

Qual a diferença entre a posição do sol nascente e poente?

Seria fácil responder a essa pergunta com a resposta “é onde o sol nasce e onde o sol se põe”, porém, quando o assunto é compra e venda de imóveis, temos de pensar muito além. Afinal, é o local onde você vai viver e uma escolha feita sem critério pode interferir no seu estilo de vida.

De maneira geral, tenha em mente que o sol nasce ao leste e esse é o chamado sol nascente. Contudo, a posição exata do nascer e do pôr do sol varia de acordo com a estação do ano. Isso quer dizer que, em épocas como verão e inverno, tanto o nascer quanto o pôr podem variar um pouco mais para a direita ou para a esquerda.

O sol da manhã é mais suave e isso faz com que, muitas vezes, seja a preferência das pessoas que procuram um imóvel. Inclusive, pode ocorrer de apartamentos com sol nascente serem mais valorizados. Já o sol poente acontece a oeste, que é onde podemos contemplar um belo pôr do sol. Acontece que, como somos um país tropical, essa localização costuma ser evitada em cidades muito quentes, pelo fato de bater o sol mais forte durante o dia.

O que considerar na hora de escolher o imóvel?

O estilo de vida da sua família e a localização da sua cidade são fatores que influenciam na decisão por um novo imóvel. Se você mora em regiões mais ao sul, que costumam ser mais frias, por exemplo, pode preferir o sol poente, pela incidência de ser mais intenso.

Já em regiões mais quentes, o contrário pode acontecer. Contudo, não deixe de considerar as seguintes questões na sua pesquisa:

  • os benefícios do sol nascente e do poente, para pessoas que precisam e as que não podem tomar sol;
  • se a sua família fica o dia inteiro em casa ou quais são os horários mais frequentes;
  • iluminação ideal dos cômodos;
  • custos com aquecedores ou ar-condicionado;
  • gostos pessoais pelo nascer ou pôr do sol.

Como saber se o apartamento tem sol nascente ou poente?

Não é complicado resolver essa questão. Acompanhe algumas medidas simples que você pode adotar:

  • veja em qual região da cidade o imóvel está localizado. Quanto mais a leste, mais chances de ter sol nascente (mais frio); quanto mais a oeste, mais o sol poente (mais quente) incidirá sobre o imóvel;
  • visite o local, se possível, em diferentes períodos do dia;
  • pergunte ao seu corretor.

Agora, a decisão é sua: qual é o melhor para você e sua família, sol nascente ou poente? A partir das nossas dicas, será possível identificar a melhor posição para o seu novo imóvel, além de entender se verá o sol surgir ou se pôr no horizonte.

Este artigo foi útil para você? Aproveite, curta nossa página no Facebook e fique por dentro de outras dicas!

Compartilhar.

Confira agora
os nossos imóveis

Apartamentos exclusivos com ótimos preços e condições.

Ver empreendimentos

Comentários estão fechados.