sexta-feira, abril 19

Como financiar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Se você sonha em conquistar a casa própria, o programa Minha Casa Minha Vida pode ser a oportunidade que você estava esperando. A fim de ajudar você nessa conquista, nesse artigo, a Trisul explora os principais aspectos desse programa habitacional. Desde quem tem direito até como ser aprovado e quais são as vantagens de financiar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida. Confira a seguir!

O que é o Minha Casa Minha Vida e como funciona?

O programa “Minha Casa Minha Vida” é um programa com o objetivo de proporcionar habitação digna para famílias de baixa renda. Assim, ele funciona por meio de parcerias entre o governo, empresas do setor da construção civil, como a Trisul, e beneficiários, oferecendo subsídios e condições facilitadas de financiamento para a aquisição ou construção de moradias. 

Como é estratificado em diferentes faixas de renda, o  programa é acessível a uma ampla gama de brasileiros. Dessa forma, o Minha Casa Minha Vida desempenhou um papel significativo na redução do déficit habitacional no país, contribuindo para a melhoria das condições de vida de milhões de famílias ao longo dos anos.

Quem tem direito ao Minha Casa Minha Vida e como participar?

Como um programa habitacional criado pelo governo para oferecer moradias dignas a famílias de baixa renda em todo o Brasil, as famílias elegíveis a participar são aquelas com renda mensal de até R$ 8.000,00 em regiões urbanas ou renda anual de até R$ 96.000,00 em áreas rurais. 

Quais são as faixas de renda e os benefícios oferecidos pelo programa?

Para participar, é importante compreender as divisões de faixas de renda do Minha Casa Minha Vida:

Faixa 1: Para famílias com renda de até R$ 2.640,00 mensais e subsídios de até R$ 55 mil. As regiões Norte e Nordeste contam com benefícios adicionais devido às condições socioeconômicas.

Faixa 2: Atende famílias com renda de até R$ 4.400,00 mensais, também com subsídios de até R$ 55 mil.

Faixa 3: Destinada a famílias com renda de até R$ 8.000,00 mensais, sem subsídios.

Sendo assim, se sua renda se encaixa em uma dessas faixas, você pode participar do programa. Para começar, você pode entrar em contato com um dos corretores da TRISUL e analisar as opções disponíveis na região desejada.

Quais são os requisitos de renda para se qualificar para o financiamento de um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida?

Além de satisfazer os critérios de renda estipulados pelo programa, é essencial ser maior de 18 anos, não possuir propriedade registrada em seu nome na área de residência ou onde ou na área que trabalha. Também não pode ser beneficiário ativo de outros programas de habitação.

Como ser aprovado no financiamento de um apartamento?

Depois de selecionar um apartamento que atenda aos requisitos do programa e às necessidades da família, é crucial separar de forma cuidadosa a documentação necessária para fazer um financiamento e apresentá-la à instituição financeira. Os seguintes itens devem ser providenciados:

  • Documento de identidade, como CNH, RG e CPF;
  • Comprovante de estado civil, como certidão de casamento ou nascimento;
  • Comprovante de renda, incluindo CPTS, holerite, extrato da conta bancária, contracheque, entre outros;
  • Comprovante de residência atualizado;
  • Declaração de contribuição do Imposto de Renda, se aplicável;
  • Título de eleitor.

Após o envio desses documentos e o preenchimento do cadastro junto ao banco, a instituição realizará uma análise detalhada e informará se o financiamento foi aprovado ou não. Em caso de aprovação, o interessado já estará pronto para assinar o contrato. Assim torna-sa realidade o sonho de ter seu próprio apartamento no Alto da Boa Vista ou em outro bom bairro de São Paulo.

Quais são as vantagens de financiar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida em comparação com outras opções de financiamento imobiliário?

O programa oferece diversas vantagens em comparação com outras opções de financiamento imobiliário no Brasil. Aqui estão algumas das principais vantagens do Minha Casa Minha Vida:

Taxas de juros reduzidas: 

As taxas de juros do MCMV costumam ser mais baixas do que as taxas de mercado, tornando o financiamento mais acessível e econômico para os beneficiários.

Opções de apartamentos novos e usados: 

O programa oferece a possibilidade de financiamento tanto de apartamentos studio novos quanto usados, ampliando as opções disponíveis para os beneficiários.

É possível usar o FGTS para complementar o pagamento do apartamento?

É possível utilizar o FGTS para complementar o pagamento do apartamento financiado pelo Minha Casa Minha Vida. Você pode tanto quitar quanto amortizar a dívida com o saldo do FGTS. Isso vale tanto para contratos no âmbito do Sistema Financeiro Habitação (SFH) quanto para contratos no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), desde que o valor de avaliação do imóvel esteja dentro do limite estabelecido para o SFH, conforme constante na Resolução CMN (Conselho Monetário Nacional).

No entanto, para utilizar o FGTS, é necessário atender a todas as condições estipuladas pelo Conselho Curador do FGTS e pelo Manual de Moradia Própria publicado pelo Agente Operador do FGTS.

Financie um apartamento da TRISUL pelo Minha Casa Minha Vida

Agora que você conhece os detalhes do programa Minha Casa Minha Vida, está na hora de dar um passo em direção ao seu sonho da casa própria. A TRISUL oferece a oportunidade de financiar apartamentos na planta e apartamentos prontos que se encaixam perfeitamente no programa. Assim proporcionamos a você a oportunidade de conquistar seu imóvel com as condições vantajosas do Minha Casa Minha Vida. 

Então não perca tempo! Consulte nossos empreendimentos e dê o primeiro passo em direção à realização desse grande sonho. A casa própria está mais próxima do que você imagina!

Compartilhar.

Confira agora
os nossos imóveis

Apartamentos exclusivos com ótimos preços e condições.

Ver empreendimentos

Comentários estão fechados.