domingo, junho 16

O que mudou do MCMV para Casa Verde e Amarela e agora de volta ao MCMV em 2023

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Em 2023, o programa habitacional Casa Verde e Amarela volta a se chamar Minha Casa, Minha Vida (MCMV). Essa mudança tem gerado algumas dúvidas e questionamentos sobre o futuro do programa e a possibilidade de realizar financiamentos imobiliários por meio dele. Neste artigo, vamos explorar as principais mudanças no MCMV ao longo dos anos até as mudanças no seu relançamento em 2023.

Casa Verde e Amarela: Uma Evolução do Minha Casa, Minha Vida

O programa habitacional do Governo Federal, conhecido como Minha Casa, Minha Vida (MCMV), teve início em 2009 com o objetivo de facilitar a aquisição da casa própria para a população de baixa renda. Em 2019, o programa passou por uma mudança de nome, sendo rebatizado como Casa Verde e Amarela.

O principal propósito do programa permaneceu o mesmo: tornar o sonho da casa própria acessível para famílias com renda mensal bruta de até R$ 2.400,00, embora valores de renda mais elevados também possam ser contemplados, respeitando um limite de até R$ 8.000,00 de renda familiar mensal bruta. Além disso, o programa oferece taxas de juros mais acessíveis em comparação ao financiamento tradicional, permitindo que os beneficiários utilizem recursos do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) para abater o valor do empréstimo.

Dependendo da faixa de renda, os beneficiários podem receber subsídios do governo, na forma de descontos no valor total do imóvel. Essas medidas visam tornar a aquisição da casa própria uma realidade para mais brasileiros.

O Retorno do Minha Casa, Minha Vida em 2023

Em 2023, o Casa Verde e Amarela foi renomeado como Minha Casa, Minha Vida (MCMV) novamente. Houveram mudanças significativas no programa, que foram anunciadas oficialmente pelo novo governo que assumiu em 1º de janeiro.

De acordo com informações divulgadas pela imprensa, o novo MCMV deve focar em ampliar o acesso à moradia própria para famílias de baixa renda. Essas mudanças têm previsão de serem concluídas em fevereiro, visando abranger um número maior de beneficiários.

Principais Mudanças no Novo Minha Casa, Minha Vida

Até o momento, o programa novo Minha Casa, Minha Vida contempla as seguintes mudanças:
O subsídio concedido teve um aumento de valor. Em termos simples, o subsídio é a parte do financiamento que o governo paga, ou seja, é uma ajuda financeira para a compra de imóveis. Em alguns casos, esse subsídio pode chegar a até 95% do valor do imóvel, com os 5% restantes sendo pagos pelo beneficiário.

No programa Minha Casa, Minha Vida 2023, o limite do subsídio para a entrada do imóvel para as famílias das faixas 1 e 2 aumentou de R$ 47,5 mil para R$ 55 mil.

Além disso, os juros aplicados nos financiamentos imobiliários para beneficiários das faixas 1 e 2 também diminuíram. Para famílias com renda mensal de até R$ 2 mil, a taxa de juros caiu de 4,25% para 4% ao ano, mas é importante destacar que essa porcentagem é aplicada somente nas regiões Norte e Nordeste. Nas demais regiões do país (Sudeste, Sul e Centro-Oeste), a taxa de juros passou de 4,5% para 4,25% ao ano.
O limite máximo para o valor dos imóveis incluídos no programa também passou a ser de R$ 350 mil. Anteriormente, esse teto era de R$ 264 mil e se aplicava às famílias da Faixa 3, que têm uma renda mensal entre R$ 4.400,01 e R$ 8.000. É importante destacar que essa nova regra é válida em todo o país. Os valores máximos para os imóveis destinados aos beneficiários das outras faixas variam, dependendo da localização do imóvel, entre R$ 190 mil e R$ 264 mil. 

Preparando-se para Comprar a Casa Própria

Enquanto aguardamos as mudanças no novo Minha Casa, Minha Vida, é importante que os interessados em adquirir a casa própria se preparem de forma adequada. Algumas dicas úteis incluem:

  • Quitação de todas as dívidas existentes.
  • Verificação da pontuação no Serasa Score para melhorar o histórico de crédito.
  • Manutenção do pagamento das contas em dia.
  • Acumulação do valor de entrada para o imóvel desejado.
  • Exploração de oportunidades para obter renda extra, acelerando a economia do valor necessário.
  • Organização dos documentos necessários antes de iniciar o processo de financiamento.
  • Pesquisa e realização de simulações em diferentes instituições financeiras para comparar as taxas de juros.
  • Análise da possibilidade de aderir ao programa Minha Casa, Minha Vida após o seu relançamento, considerando as novas regras do programa.

Saiba tudo que você precisa saber sobre como financiar um apartamento pelo Minha Casa Minha Vida!

Financie um apartamento da Trisul pelo Minha Casa Minha Vida

Em resumo, as mudanças no programa Minha Casa, Minha Vida representam uma nova oportunidade para realizar o sonho da casa própria. Não perca tempo! Explore as possibilidades de financiar um apartamento na Sacomã da Trisul através do programa e dê o primeiro passo rumo à sua conquista imobiliária hoje mesmo. Entre em contato conosco e descubra como tornar esse sonho uma realidade!

Compartilhar.

Confira agora
os nossos imóveis

Apartamentos exclusivos com ótimos preços e condições.

Ver empreendimentos

Comentários estão fechados.