trisul-imagens-splash-030417 (172)

Saindo de casa: comprar ou alugar o imóvel?

Faz parte da vida de todos nós: uma hora precisamos sair da casa dos nossos pais. Esse momento pode chegar mais cedo do que a gente imagina! E aí, fica aquela pergunta no ar: comprar um apartamento novo ou morar em um apartamento de aluguel?

Durante anos ouvimos dos nossos pais que a melhor opção é comprar o próprio apartamento, já que o pagamento mensal do aluguel era o mesmo que jogar dinheiro fora. Assim sendo, seria melhor que você gastasse com as prestações do seu imóvel ao invés de assumir uma conta sem que você tivesse retorno futuro. Mas será verdade?

Vantagens de financiar um imóvel novo na caixa

Bom, é pensando nisso que resolvemos fazer esse artigo. Vamos colocar na balança os dois lados e desvendar juntos qual seria a nossa melhor opção.

A compra do apartamento próprio

Conquistar a casa própria é, geralmente, a maior realização que alguém pode fazer em vida. Até por isso que o perfil das pessoas que compram um imóvel sejam aqueles que já estão usufruindo de uma carreira consolidada, tem uma família formada e consegue arcar com as prestações do financiamento.

Além disso, também representa uma excelente forma de investimento, já que com o passar dos anos, o imóvel passa a acrescer do valor originalmente pago.

Fora que quando temos algo nosso, temos a garantia de liberdade e opção da escolha. Por exemplo, se você quiser aumentar os cômodos, você poderá fazê-lo porque essa benfeitoria irá apenas repercutir pra você, diferentemente de um imóvel alugado, onde você terá que pedir a permissão e, somente se ele conceder, você continua com o processo da reforma.

O apartamento alugado

Quem está saindo de casa pela primeira vez, o aluguel passa a ser uma forma atrativa e imediata de resolução do problema, uma vez que o financiamento é uma opção que acaba implicando com numa dívida de maior valor.

Outro ponto positivo é a diminuição das obrigações para com o imóvel e sua conservação, uma vez que aquele bem não é seu. Podemos dizer que o dono do imóvel tem mais obrigação do que o locatário, arcando com as despesas deste, com a reforma, com a manutenção, entre outras.

E agora, como decidir?

Agora, falando de amigo para amigo, o que pesará na sua decisão é os seus planos para o futuro. Você pretende se mudar, seja de cidade, estado ou país? Ou você tem uma carreira estável e que lhe transmite segurança e felicidade? Pensa em começar a aumentar a sua família?

Procure conversar com você mesmo, e ver quais são os planos que você tem pra si daqui pra frente. Se você pretende mudar-se para uma cidade maior ou tem planos para o exterior, talvez seja mais interessante a possibilidade de comprar um apartamento nesta cidade que irá recebê-lo.

Se você deseja descobrir sobre qual é a melhor opção financeira, faça uma conta bem simples. Divida o preço mensal do aluguel que você paga pelo valor aproximado de venda desse imóvel. Você pode se basear no valor de alguma construção que se assemelhe. Depois, com esse resultado, multiplique por 100.

Se no final de todos os cálculos você tiver um resultado maior que 0,5, então a compra do imóvel pode ser uma opção bastante viável. Contudo, se o resultado for menor que 0,5, então o aluguel pode ser uma opção temporária, até que você consiga, enfim, realizar o sonho de comprar a casa própria.

Devemos lembrar sempre que, quando compramos um bem imóvel, o teremos pelo resto da vida! A valorização desse espaço se dará por muitos anos, e você sempre pode trocá-lo por outras opções que garantem o conforto que busca naquele momento. Já o aluguel, não.

Mas, tudo varia de casa para caso. E já que estamos falando em planejamento para o futuro, qual é o seu? Conte pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *