domingo, agosto 9

Saiba como escolher as melhores ações de construtoras

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

O mercado de ações de construtoras tem crescido nos últimos anos e se torna uma oportunidade de lucratividade para qualquer investidor que deseja conquistar bons rendimentos. Há um otimismo nesse mercado pelo fato de que a economia brasileira retomará seu crescimento nos próximos anos.

Mesmo que a situação de muitos mercados esteja em baixa pela situação que foi criada pela pandemia do coronavírus, esse momento pode ser uma oportunidade para adquirir ativos por valor baixo e lucrar futuramente. Além disso, há organizações que conseguem sobreviver e até crescer durante a crise gerada pelo COVID-19.

Para que nossos leitores entendam mais sobre as ações desse segmento, publicamos este conteúdo, que traz as melhores dicas para os investidores sobre encontrar boas oportunidades de investimento. Acompanhe!

Quais são as melhores dicas para escolher as ações de construtoras?

Como esse é um tema amplo, não há um método específico a ser seguido para saiber quais são as melhores ações. Porém, há algumas estratégias que podem ser aplicadas para encontrar os melhores ativos desse mercado.

Defina o capital a ser investido

Primeiro, é crucial determinar de forma precisa o capital que será destinado às ações. Isso é importante pelo fato de as ações se tratarem de investimentos de renda variável, ou seja, não há certeza dos ganhos.

O dinheiro a ser investido dependerá de cada pessoa – podendo ser 10% ou 20% do salário, por exemplo. Porém, independente do conhecimento sobre o mercado financeiro do investidor, é importante que ele aloque um capital que não será essencial para sua subsistência.

Avalie as tendências do mercado

De forma geral, o mercado imobiliário e da construção civil têm passado por grandes transformações no Brasil, seja pelo desenvolvimento de novas tecnologias ou mudança no comportamento do público.

Para que você identifique quais empresas conseguirão se destacar no futuro, é relevante verificar quais investem nas tendências do mercado, como:

  • automação de processos: há tecnologias que automatizam atividades como controle de luz, água, acesso de segurança, gás e outros elementos – isso traz mais segurança e economia à empresa;
  • sustentabilidade: envolve a economia de recursos e preservação do meio-ambiente;
  • energia renovável: consiste no uso de energias mais econômicas, o que atualmente é possível graças aos painéis fotovoltaicos;
  • robótica: é o uso de máquinas automáticas ou semiautomáticas para desempenhar tarefas.

Conheça o histórico das ações e empresas de interesse

Algumas empresas que estão em baixa no momento poderão se recuperar no futuro e até alcançar melhores lucros. Para encontrar as melhores organizações, é relevante estudar o histórico das ações – o que é feito pela análise técnica (ou gráfica) – bem como as características do negócio. Alguns dos aspectos a serem analisados são:

  • lucratividade e rendimentos atuais e dos períodos passados – esses índices podem ser encontrados em relatórios como a Demonstração de Resultado do Exercício (DRE), Balanço Patrimonial (BP), entre outros;
  • a competência, profissionalismo e capacitação dos administradores;
  • adoção às tecnologias e inovações do mercado.

Faça avaliações constantes

Não basta avaliar as empresas e ações somente uma vez, já que o segmento de construtoras passa por constantes modificações. Por exemplo, há momentos de baixa ou de alta, empresas que conseguem se destacar perante outras etc.

Por isso, também é importante fazer o que é chamado de análise fundamentalista, que consiste em se manter informado quanto às notícias e modificações do mercado.

Para finalizar, vale ressaltar que há outros dois fatores que são cruciais para o sucesso no mercado financeiro, que são: definir o seu perfil de investidor e se manter atualizado sobre as mudanças desse segmento, já que isso impacta diretamente nas ações de construtoras.

Gostou do conteúdo? Siga-nos nas redes sociais para se manter atualizado sobre o assunto. Estamos ativos no Facebook, Instagram e LinkedIn!

Compartilhar.

Comentários estão fechados.