quarta-feira, abril 14

Morar no centro ou em bairros afastados? Saiba como tomar a decisão!

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

A compra de um imóvel é repleta de decisões: o tamanho, se é casa ou apartamento, o número de quartos e diversas outras. Uma das mais importantes é se a pessoa quer morar no centro ou em bairros mais afastados. Essa é uma escolha que tem grande impacto no estilo de vida e não existe uma resposta definitiva. Tudo depende da personalidade de quem compra e do que se espera do local onde vai morar.

Então, neste post, vamos discutir sobre as principais diferenças entre morar no centro e em bairros mais afastados, para ajudar você a decidir.

Vantagens de morar no centro

O centro tem suas vantagens bem óbvias. Primeiramente, existe uma proximidade maior da rede de serviços, o que envolve hospitais, mercados, bancos, shoppings e tudo mais. Para quem gosta de restaurantes ou de um bom lugar para tomar um vinho ou uma cerveja importada, no centro é muito mais fácil de encontrar. É evidente que morando em bairros mais afastados você ainda pode frequentar esses locais, mas precisaria gastar mais com transporte. Além disso, o centro tende a ser mais próximo dos locais de trabalho e estudo.

Desvantagens de morar no centro

Por outro lado, o centro apresenta desvantagens, geralmente resultando em uma menor qualidade de vida. O barulho nos centros é muito maior e a sensação de privacidade é menor. Pode ser que seu apartamento seja diretamente de frente para a casa do vizinho, por exemplo. Outro ponto importante de observar ao morar no centro é a falta de contato com a natureza. Áreas verdes tendem a ser mais escassas e a poluição é maior, assim como a violência.

Vantagens de morar nos bairros mais afastados

Por outro lado, a grande vantagem de morar nos bairros mais afastados é a qualidade de vida. A tranquilidade e o silêncio são maiores, enquanto a violência tende a ser bem menor. As áreas verdes e de lazer são mais comuns em um bairro residencial que em um no centro, com mais apelo comercial.

Um ponto importante é a questão do espaço. Apartamentos nos centros ficam cada vez menores, por conta da falta de espaço disponível nessas áreas. Por outro lado, nos bairros mais afastados acontece o oposto, o que é ideal para quem gosta de imóveis realmente grandes. Uma casa com quintal, por exemplo, é praticamente inviável no centro.

Desvantagens de morar nos bairros afastados

O que se ganha em tranquilidade é sacrificado em praticidade. Bairros mais afastados significam mais tempo gasto para chegar ao trabalho, por exemplo. Além disso, é preciso adicionar uma nova camada de custos, especialmente no transporte, já que o carro passa a ser um item obrigatório. A internet e os serviços de delivery diminuem um pouco esse problema, mas existe uma dificuldade maior para quem mora nos bairros mais afastados e quer frequentar os melhores bares e restaurantes.

Como deu para perceber, tanto morar no centro quanto em bairros mais afastados tem suas vantagens e desvantagens muito claras. Existem imóveis de qualidade em ambas as opções, o que significa que, com um pouco de paciência, é possível encontrar o ideal. O mais importante é entender o que o morador mais quer do local onde mora. Assim, pode escolher uma opção que esteja mais alinhada ao seu perfil.

Gostou do post? Então, confira a página do Facebook para receber ainda mais dicas!

Compartilhar.

Confira agora
os nossos imóveis

Apartamentos exclusivos com ótimos preços e condições.

Ver empreendimentos

Comentários estão fechados.