trisul-imagens-splash-030417 (222)

Dicas para não ter problemas na hora de comprar um imóvel

Assim como receber uma promoção da empresa em que se trabalha, a aquisição de um imóvel também deve ser motivo de alegria para qualquer um. Contudo, é preciso ter claro em sua mente que essa é uma situação que precisa de cuidados essenciais e de suma importância para que no fim, você não sofra com a opção.

Lembre-se: um erro ou uma desatenção pode cuidar demora no processo de liberação do imóvel, bem como prejuízos financeiros. Por isso, elaboramos algumas dicas para que você não tenha problemas na hora de conquistar o sonho do apartamento próprio!

Dicas importantes para não ter problema na compra do imóvel

  • Pesquisa o quanto e sempre que puder

Na hora de bater o martelo e finalizar a compra do imóvel, é sempre bom pesquisar. Procure saber mais sobre o mercado imobiliário da sua região, ver os valores em que os apartamentos são comercializados e encontre aquela opção que consiga atender as suas expectativas tanto quanto consiga atender ao seu desejo financeiro.

Assim, com um pouco de paciência, você consegue fazer um bom negócio, tendo economia de dinheiro e de problemas! Você pode contar com a ajuda de um corretor, por exemplo, e também verificar as opções de compra disponíveis nos meios de comunicação. Geralmente, os sites das construtoras oferecem opções pertinentes que você pode visualizar online, aproveite!

  • Compare todos os financiamentos

Outro fator que irá te ajudar na economia de dinheiro é conhecer as diferentes opções de financiamentos disponibilizadas pelos mais diversos bancos, sendo eles de origem público ou privado. Cada banco tem a sua maneira de calcular os juros, bem como a facilitação da entrada. A Caixa, por exemplo, consegue financiar até 90% do valor do imóvel. Já o Santander, consegue liberar 80%. Contudo, nos bancos privados você têm uma liberação maior de limite do que no banco público.

Como funciona o Simulador Habitacional Caixa?

É necessário pesquisar em todas as fontes e saber quais são os pontos relativos de cada um. Coloque tudo na ponta do lápis e escolha a melhor opção custo X benefício. Dica: a grande maioria das financiadoras oferecem opções de simulação online. Através dessa simulação, você tira a média do investimento e consegue filtrar, pelo menos, três opções que condigam com a sua realidade.

  • Lupa grande para a vistoria do imóvel

Pode parecer besteiras, mas não é: preste a atenção em todos os detalhes. Faça uma vistoria minuciosa do imóvel que se pretende financiar. Essa é uma situação bastante comum, principalmente quando vamos comprar uma unidade que já tivera um dono. Quando a manutenção preventiva não é feita da forma adequada, os problemas começam a surgir ao longo dos anos, e é aí que pode nascer o princípio de uma bela dor de cabeça.

Um a dica: esteja com os olhos bastante abertos, principalmente para a parte elétrica. Um quadro de energia que esteja desatualizado poderá lhe custar uma boa quantia para adaptações necessárias. A parte hidráulica também merece a sua atenção, afinal de contas, ninguém merece uma vazamento no meio da sala de jantar, não é?

  • Verifique se há dividas

Por algum acaso você sabia que, a partir do momento em que você se torna dono do imóvel, todas as dívidas pertinentes a este passarão a ser suas? Sim, é verdade! Por isso é de suma importância que você faça uma pesquisa minuciosa para o descobrimento de possíveis dívidas ativas: água, luz, IPTU, taxas de condomínio, enfim.

Estar de olhos bem atentos a todos os detalhes fará com que as chances de dores de cabeça diminuam. Assim, o sonho da casa própria ainda continua a ser um sonho, sem chances de se tornar um pesadelo.  E você, tem mais alguma dica que gostaria que soubéssemos? Conte pra gente nos comentários!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *