sexta-feira, agosto 12

Qual a renda mínima para financiamento imobiliário e como se preparar?

Google+ Pinterest LinkedIn Tumblr +

Quando existe o objetivo de adquirir capital para a compra de um imóvel, muitos pensam na opção do financiamento. Entretanto, logo chega a dúvida: será que tenho renda suficiente para isso? A renda mínima para financiamento imobiliário é real. Entretanto, pode ser comprovada de maneira que talvez nem todos conheçam. Logo, é necessário compreender sobre o funcionamento desse processo com o banco ou a instituição financeira.

Segundo pesquisa feita pelo Serasa, 40% dos brasileiros não sabe qual é a renda mínima quando buscam um imóvel para financiamento. E isso é muito importante no momento dessa busca de capital. Entretanto, a aprovação não depende somente disso, outros fatores como preço do imóvel, valor da entrada e prazo para fazer o pagamento também fazem a diferença.

Para saber qual a renda mínima para financiamento imobiliário, confira o conteúdo!

Como funciona o financiamento de imóveis?

Para quem tem o sonho da casa própria e procura formas de conseguir um financiamento, deve se atentar a alguns detalhes antes da solicitação. Nem tudo depende da renda, alguns outros critérios serão analisados para esse processo. Alguns deles são:

Conferir seu CPF

O CPF é um ponto que será verificado. Então, é importante consultar como está a situação do seu junto ao Serasa. Para facilitar, confira aqui o estado do seu.

Bom histórico de pagamentos

Ter um bom histórico de crédito, comprovando o pagamento efetivo das dívidas, também é essencial.

Ter conta no banco no qual vai pedir financiamento

Ter uma conta no banco que vai solicitar o pagamento também é interessante para comprovar o histórico.

Ter conta salário

Ter conta salário é importante para facilitar a análise de crédito, a partir do extrato de movimentação.

Conferir o score

O score também é importante no momento da aprovação. Quando positivo, pode ser usado como argumento na negociação. Todos esses detalhes, além da renda pessoal, são necessários para conseguir um financiamento imobiliário.

Qual é a renda mínima para financiamento imobiliário?

A renda mínima para financiamento imobiliário é importante para definir o imóvel que pode ser comprado com o salário disponível. Para chegar a esse valor, é necessário fazer o cálculo de uma regra básica para definir o valor. Que é a dos 30%, isso quer dizer que o valor das parcelas não deve ser mais que 30% do valor mensal recebido de renda pessoal ou familiar.

Usar até 30% da renda nas parcelas

Uma técnica para aumentar esse valor é colocar outras pessoas com renda da família para completar, como filhos ou cônjuge. Independentemente disso, é importante fazer as contas para conseguir honrar com o pagamento sem comprometer a renda mensal.

Defina o valor da entrada

Outro quesito é o valor da entrada. Quanto maior for esse valor, menor será o capital financiado, logo, os juros são reduzidos, além de taxas e parcelas.

Como fazer a conta?

Logo, para chegar à conta de quanto pode pedir no financiamento, um cálculo claro para fazer é o seguinte: para uma pessoa que compõe uma renda pessoal ou familiar de uma média de R$6.000, é possível financiar uma média de R$180.000 a R$220.000. Isso vai depender da instituição financeira que solicitar. Para isso, é necessária uma entrada média de 66 mil reais.

Por conseguinte, para conseguir comprovar a renda mínima para financiamento imobiliário, é necessário fazer essas contas básicas de quanto tem disponível para entrada. Lembrando de que quanto maior a entrada, melhor para a negociação. Nem somente a renda é usada para aprovar o financiamento, fatores como análise do CPF, verificação dos históricos de pagamento, score e ter uma conta salário no banco são questões importantes de serem analisadas.

Gostou do conteúdo? Curta nossa página no Facebook!

Compartilhar.

Confira agora
os nossos imóveis

Apartamentos exclusivos com ótimos preços e condições.

Ver empreendimentos

Comentários estão fechados.